20150318windows-10
23mar

Por Ronaldo Gogoni (http://meiobit.com/)

A Microsoft vai investir pesado para que a aceitação do Windows 10 seja maciça, e não vai medir esforços para isso. A empresa acaba de revelar uma janela de lançamento para o SO e confirma que ele será distribuído gratuitamente para todo mundo que possui o Windows 7, 8 ou 8.1

A novidade é que mesmo quem roda a versão Jack Sparrow será beneficiado.

A Microsoft está se esforçando para voltar a cativar os usuários, e tem batido na tecla que o Windows 10 é um serviço e não um produto. É verdade que os tempos são outros, ninguém mais está tão animado por pagar por um sistema operacional quando o Linux e o Mac OS X são distribuídos gratuitamente (o segundo com ressalvas, claro). A fim de resgatar aqueles que abriram mão do Windows, o SVP de sistemas operacionais Terry Myerson revelou em uma postagem no blog da Microsoft que o Windows 10 chegará “durante o verão de 2015 (ou seja, entre junho e setembro) a 190 países e 111 idiomas”.

Como já sabíamos antes o SO será distribuído gratuitamente no primeiro ano, sendo uma atualização livre para aqueles que rodam o Windows 7, o 8 ou o 8.1. Myerson afirmou entretanto que todos os PCs elegíveis serão atualizados “genuínos ou não”. Ou seja, mesmo que seu sistema operacional seja pirata você terá direito a uma versão legítima do Windows 10, sem nenhum problema.

Por que isso? Muito provavelmente é uma resposta ao que acontece na China: por lá o Windows XP ainda é massivamente utilizado e obviamente a grande maioria das cópias são piratas. Para completar o Windows 8 foi banido dos computadores do governo, portanto oferecer o 10 gratuitamente e como uma atualização free a partir do 7 pode ser uma boa ao menos para manter as máquinas dos civis atualizadas. A partir daí Redmond pretende utilizar outros modelos de monetização, muito provavelmente atrelados a serviços que o SO vai fornecer.

O mais legal é que a Microsoft está assumindo um grande compromisso com seus usuários: uma vez atualizado, o Windows 10 continuará recebendo atualizações durante toda a vida útil do dispositivo, independente se o usuário possuía um SO original ou pirata. Isso é importante para cativar o consumidor e fazê-lo aderir à plataforma, e a partir daí se sentir disposto a comprar produtos e serviços.

Convertendo Androids em smartphones Windows?

A Microsoft prometeu também que todos os aparelhos que hoje rodam o Windows Phone 8 serão atualizados para o Windows 10, embora saibamos que alguns aparelhos receberão um update apenas parcial. Só que isso não basta: Redmond deseja também cooptar usuários de Android, oferecendo algo inusitado: uma custom ROM de seu SO mobile.

Um acordo foi fechado com a Xiaomi e “alguns seletos usuários experientes” do Mi 4 serão convidados a participar de um programa, onde baixarão uma versão do Windows 10 Tech Preview para smartphones e o instalarão em seus aparelhos, a fim de avaliar o desempenho da plataforma com o dito hardware. O interessante a notar aqui é que não se trata de um emulador ou um dual boot: o Windows 10 substitui completamente o Android.

Isso nos lembra que pouco mais de um ano atrás a Microsoft fechou um acordo com a HTC, que culminou no lançamento do HTC One M8 for Windows. Esse provavelmente é uma extensão do plano, fornecer ROMs funcionais diretamente para os usuários testarem o Windows 10 em seus dispositivos ao invés de convencê-los a comprar um smartphone novo. É ousado e provavelmente veremos outros aparelhos serem incluídos no programa em breve.

Fonte: http://meiobit.com/312405/microsoft-windows-10-gratuito-piratas-custom-rom-substituindo-android-xiaomi-acordo/

Deixe seu comentário

Erro: Please check your entries!