bloco-de-notas
08jan

Uma pesquisa produzida pelo Nibo, plataforma online de gestão financeira para pequenas e médias empresas, apontou que o Excel, editor de planilhas da Microsoft, pode não ser a melhor opção para os lojistas planejarem suas finanças. De acordo com o estudo, 21% das PMEs que utilizaram a ferramenta da Microsoft não souberam responder quanto devem pagar nos próximos meses.

Para Gabriel Gaspar, presidente e cofundador do Nibo, as informações obtidas a partir do uso de Excel são limitadas e não possibilitam planejamentos a médio/longo prazo: “É necessária uma integração bancária e contábil para, de fato, estar conectado aos compromissos da empresa”, acrescenta.

O levantamento também destacou que a ferramenta afeta negativamente a gestão dos empresários no curto prazo: “Especialmente no que concerne ao controle dos indicadores de contas a pagar e a receber pode gerar prejuízos, mesmo no curto prazo”, comenta.

Alternativa para os empreendedores que não querem usar planilhas eletrônicas, o planejamento “no papel” exibiu um índice ainda pior com os entrevistados: 50% dos empresários que se utilizaram dessa forma de planejamento disseram não saber o que estão fazendo ou terem apenas uma vaga ideia de tal. Um, em cada quatro, dos microempresários que realizam o planejamento financeiro “a mão” também revelaram não saber o saldo financeiro de sua empresa.

 

Crédito: http://ecommercenews.com.br/

Deixe seu comentário

Erro: Please check your entries!