02set

Nos Estados Unidos comemora-se na primeira segunda-feira de setembro o “Dia do Trabalho”. Cidadãos são convidados a reconhecer o trabalho diligente de homens e mulheres ao longo de gerações, pessoas que empregaram suas habilidades e talentos para fornecer serviços e produtos para benefício comum.

Infelizmente estatísticas demonstram que a maioria está insatisfeita com seu trabalho. Estudos apontam que 70% dos trabalhadores ou mais, não gostam ou mesmo odeiam as tarefas que desempenham todos os dias. Para eles, trabalho não passa de um “mal necessário”.

De acordo com a Bíblia não foi essa a intenção de Deus. O primeiro livro, Gênesis, declara: “Então disse Deus: ‘Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança. Domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os grandes animais de toda a terra… Eis que lhes dou todas as plantas que nascem em toda a terra e produzem semente, e todas as árvores que dão frutos com sementes. Elas servirão de alimento para vocês’” (1.26-29).

Entretanto, depois da “queda do homem”, o trabalho se tornou difícil. “Maldita é a terra por sua causa; com sofrimento você se alimentará dela todos os dias da sua vida. Ela lhe dará espinhos e erva daninha… Com suor do seu rosto você comerá o seu pão” (Gênesis 3.17-19). Deus designou que o trabalho fosse compensador, realizador e fácil. Mas por causa da rebelião do Homem contra Deus, ele tornou-se difícil, frustrante, aflitivo.

Como vencer o sentimento de que trabalho é “mal necessário” e resgatar seu sentido apreciável e significativo? Uma das melhores formas seria dedicá-lo a Deus, pedindo que Ele abençoe nossos esforços para desempenharmos nossas responsabilidades profissionais de acordo com Suas leis e padrões. Eis alguns princípios a serem seguidos:

Trabalhe para Deus. Temos a tendência de fazer nosso trabalho para nossa gratificação ou para agradar aos que têm autoridade sobre nós. Embora nada disso seja inerentemente errado, o objetivo primeiro deve ser agradar e honrar a Deus. “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo” (Colossenses 3.23-24).

Trabalho vem de Deus. Onde você trabalha e a tarefa que você desempenha não são por acaso. Deus o colocou onde você está, fazendo o que você faz, para cumprir Seus propósitos: “A melhor coisa que alguém pode fazer é comer e beber e se divertir com o dinheiro que ganhou. No entanto, compreendi que mesmo essas coisas vêm de Deus. Sem Deus, como teríamos o que comer ou com que nos divertir? Ele dá sabedoria, conhecimento e felicidade às pessoas de quem Ele gosta” (Eclesiastes 2.24-26).

Trabalho como oportunidade para revelar Deus. Não há melhor maneira de demonstrar a presença e a realidade de Deus do que através do trabalho! A forma como nos conduzimos no trabalho, nos garante o direito de falar por Ele. “Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês. Contudo, façam isso com mansidão e respeito” (1Pedro 3.15-16).

Fonte: CBMC